Notícias

24/02/2017

EMPRESÁRIOS VISITAM A FEIRA DO EMPREENDEDOR

Missão organizada pelo Sebrae em parceria com a ACISP  levou grupo ao maior evento de empreendedorismo do País

Uma missão empresarial liderada pelo escritório Regional do Sebrae Piracicaba, em parceria com a ACISP, levou empresários de São Pedro, no último dia 19, para a 6ª edição da Feira do Empreendedor, no Pavilhão Anhembi, em São Paulo.

 

Promovida pelo Sebrae-SP, a Feira, ocorreu entre 18 e 21 de fevereiro, reuniu mais de 140 mil pessoas, recorde de público entre as seis edições do evento, oferecendo aos empresários soluções para incrementar um negócio já existente ou dicas de abertura de empresa. 

 

Em um espaço de 40 mil metros quadrados, 424 puderam expor seus produtos e serviços. Os empresários também tiveram a oportunidade de receber consultorias individuais, acompanhar palestras, conhecer tendências, além de obterem informações sobre crédito e orientações referentes à melhoria na gestão do negócio próprio.

 

Pela primeira vez o evento foi temático. A construção de uma “Cidade Empreendedora” foi definida devido ao sucesso das lojas modelo, que atendem em capacidade máxima durante todas as edições. 

Toda a estrutura e formatação dos espaços foram planejados para lembrar a rotina de um município. 

“O movimento gerado na feira reforça nossa crença que 2017 é o ano da retomada da nossa economia. Foram 140 mil visitantes, quase 500 oportunidades de negócios e 44 horas dedicadas à orientação, capacitação e inovação. Mais importante que esses números, foi a certeza de que fizemos a diferença para os que estavam pensando em montar uma empresa e para os empresários que buscavam saídas da crise e formas para crescer”, afirmou Paulo Skaf, presidente do Sebrae-SP. 

De acordo com o Sebrae, entre os visitantes da Feira, mais da metade (50,8%) tem intenção de abrir uma empresa nos próximos 24 meses, enquanto 20,7% já possuem uma empresa formalizada. Em relação à motivação da visita, 57,1% das pessoas estavam interessadas em participar dos cursos, palestras e seminários oferecidos; 34% queriam pesquisar sobre equipamentos, fornecedores e serviços; e 8,8% buscavam ideias para abrir uma nova empresa.