Notícias

06/06/2017

Dia dos Namorados pode ter leve aumento nas vendas, prevê Associação Comercial de São Paulo

Às vésperas do Dia dos Namorados, a Associação Comercial de São Paulo (ACSP) prevê uma ligeira alta nas vendas do varejo e destaca fatores que podem contribuir para o alcance desse resultado. “Esperamos um leve crescimento no comércio em relação ao ano passado. Esse cenário pode se tornar possível devido a três fatores principais: a queda dos juros, o aumento da massa salarial e a diminuição das temperaturas”, analisa Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

Ele explica que o recente anúncio de corte na taxa básica de juros pode influenciar o comportamento dos consumidores, levando-os às compras parceladas de produtos de maior valor. Já o aumento dos salários, propiciado pelo alívio inflacionário, deixa o orçamento dos trabalhadores com um pouco mais de espaço. Com isso, eles podem se animar para compras à vista de produtos de menor valor, como bijuterias, cosméticos e roupas. Outro indicador positivo é a chegada das baixas temperaturas, que provavelmente beneficiarão as vendas da moda outono-inverno.

Contudo, Burti pondera que as projeções estão dentro de um quadro de incertezas, em razão do agravamento da crise política, situação que pode minar ainda mais a confiança do consumidor.

 

Sobre a ACSP: A Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus 122 anos de história, é considerada a voz do empreendedor paulistano. A instituição atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, esteve sempre ao lado da pequena e média empresa e dos profissionais liberais, contribuindo para o desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Além do seu prédio central, a ACSP dispõe de 15 Sedes Distritais, que mantêm os associados informados sobre assuntos do seu interesse, promovem palestras e buscam soluções para os problemas de cada região.